edp news

EDP com lucro recorrente de 845 milhões de euros, -8% face a 2016

Quinta-feira 01, Março 2018

Resultado líquido reportado atingiu €1.113M, impulsionado por mais-valia com alienação do negócio de distribuição de gás na Península Ibérica (€0.6MM).

O EBITDA recorrente diminuiu também 5% em termos homólogos, em resultado de uma queda de 19% do EBITDA na Península Ibérica, sobretudo em Portugal, pela escassa hidraulicidade (53% abaixo da média histórica) e pelo impacto das alterações regulatórias, compensado pelo desempenho da EDPR (+17%) e da EDP Brasil (+14%).


De notar o crescimento de 7% da capacidade instalada média (crescimento 100% em renováveis: eólica e hídrica), o aumento do número de clientes e rigoroso controlo de custos.


A dívida líquida diminuiu de 15,9 mil milhões de euros a Dez-16, para 13,9 mil milhões de euros a Dezembro de 2017, suportada sobretudo pelo free cash flow orgânico e pelo impacto da alienação do negócio de distribuição de gás na Ibéria, efeitos mitigados pela compra de uma posição adicional de 5% na EDPR através de OPA, pelo pagamento anual de dividendos e pelo investimento realizado no período.


O investimento operacional consolidado ascendeu a €1.725M em 2017, sendo 59% dedicado a projectos de expansão, nomeadamente em nova capacidade hídrica e eólica (€1.051M). De notar que 93% do investimento operacional foi dedicado a actividades reguladas ou contratadas a longo-prazo.


Aceda à página Resultados para saber mais.


No dia 2 de Março, pelas 11:30 (GMT), António Mexia (CEO), fará a apresentação de resultados através de conference call e webcast.


Saiba mais sobre a Webcast.