edp news

Free Electrons: duas startups portuguesas nas 30 melhores para o bootcamp

Quarta-feira 28, Março 2018
Companies -Edp Group

Programa Global de Aceleração recebeu 515 candidaturas de 65 países

O Free Electrons, um programa de aceleração verdadeiramente global, no campo da Energia, cujo objectivo é promover o contacto com startups que desenvolvam soluções na área da mobilidade, energia limpa e eficiência energética, selecionou as 30 melhores startups, que vão agora entrar na fase de Bootcamp.


Os Estados Unidos e a Alemanha, com 5 startups cada, França e Austrália, com  3 representantes, e Portugal e o Reino Unido, com 2 equipas, são os países com maior peso na lista final. Mas o programa conseguiu atrair o interesse de várias pontos do globo, como o Bangladesh, China, Emirados Árabes Unidos, Espanha, Grécia, Irlanda, Israel, Noruega, Suécia ou Suíça.


No total, o programa recebeu 515 candidaturas, de 65 países diferentes, o que acaba por ser uma manifestação do alcance global desta iniciativa. “Estamos muito agradados com esta lista final de candidatos, uma vez que representa a grande diversidade que fomos encontrando ao longo do processo de candidaturas. Não é fácil escolher entre 515 propostas diferentes, mas tivemos discussões enriquecedoras, e debates internos muito construtivos, e assim conseguimos chegar a estes 30 nomes. Acredito que este processo espelha bem a qualidade geral dos candidatos, o que acaba por ser um testemunho da qualidade do próprio  programa, uma vez que procuramos soluções inovadoras, que possam ser adoptadas e integradas nos nossos negócios, num esforço para ajudar a moldar o futuro do sector da energia”, afirma Luís Manuel, administrador da EDP Inovação.


Os fundadores do Free Electrons são a Ausnet Services (Austrália), DEWA (Dubai), EDP (Portugal), ESB (Irlanda), Innogy (Alemanha), Origin Energy (Austrália), SP Group (Singapura) e Tokyo Electric Power (Japão), com todo o programa a ter o apoio da Beta-i (Portugal). A American Electric Power (USA) também se juntou ao programa, já em 2018.


Estrutura


Os pilares centrais do Free Electrons serão os 3 módulos internacionais, que terão lugar em diferentes países. Ao longo do programa, os participantes vão trabalhar de perto com as utilities, mentores, e outros actores locais, de forma a acelerar o crescimento dos seus negócios.


Segue-se a fase de Bootcamp, que terá lugar em Lisboa, de 3 a 6 de Abril. Segue-se o 1º Módulo, repartido entre Sydney e Melbourne (Austrália). O 2º Módulo arranca depois em Silicon Valley (EUA), com o encerramento marcado para Berlim (Alemanha), em Outubro, onde será revelado o vencedor.


As utilities que fazem parte do Free Electrons são líderes nos seus sectores e mercados, com uma aposta estratégica na inovação. Este projecto é um testemunho do seu emprenho em trabalhar em conjunto com as startups, no sentido de trazer para o futuro do sector todo um novo paradigma assente em energias limpas, eficientes e acessíveis.


A edição de 2017 do Free Electrons gerou mais de 2 milhões de dólares de receitas, resultado dos contractos assinados entre as 12 startups que concorreram e os 8 parceiros, com um pipeline de oportunidades de negócio futuro que ultrapassa os 12 milhões de dólares.


About Free Electrons


The Free Electrons Program is the best opportunity for startups in the energy space to grow and develop their businesses. The energy market has seen rapid changes in recent years with the rise of renewables, decentralization of the energy system, regulatory uncertainties and disruptive new technologies. To stay ahead, there is a strong need for utilities to source more innovation externally and consider the ‘beyond utilities’ business models.