EDPR anuncia selldown relativo a 499 MW de activos eólicos onshore

comunicados EDP

EDPR anuncia selldown relativo a 499 MW de activos eólicos onshore

Segunda-feira 31, Dezembro 2018

EDPR anuncia primeira transacção de selldown na América do Norte, relativos a 499 MW de activos eólicos onshore

Nos termos e para os efeitos do disposto no artigo 17º do Regulamento (UE) n.º 596/2014 do Parlamento Europeu e do Conselho e do artigo 248º-A do Código dos Valores Mobiliários, a EDP – Energias de Portugal, S.A. (“EDP”) vem prestar a seguinte informação ao mercado e ao público em geral:

EDP Renováveis, S.A. (“EDPR”), controlada em 82,6% pela EDP, concluiu um acordo com a Axium Infrastructure, para a venda de uma participação accionista representativa de 80% do capital social relativo a um portfólio, detido na totalidade pela EDPR, de activos eólicos onshore nos Estados Unidos da América (“EUA”) e Canadá. O portfólio totaliza 499MW e compreende 3 parques eólicos, nomeadamente:

• Meadow Lake VI de 200MW, localizado no Estado de Indiana, EUA, e em operação desde Dezembro de 2018;

• Prairie Queen de 199MW, localizado no Estado do Kansas, EUA, e com data esperada de entrada em operação (“CoD”) durante o primeiro semestre de 2019;

• Nation Rise de 100MW, localizado em Ontário, Canadá, e com CoD esperado durante o quarto trimestre de 2019; Para este projecto, a EDPR concluiu a venda de uma participação de 75%, com os restantes 5% a serem concluídos no CoD do projecto.

Com base no preço de transacção e no passivo económico esperado (tax equity e project finance) aquando da conclusão dos projectos, o valor total implícito (“Entreprise value”), para 100% dos activos, ascende a $860 milhões, o que representa um múltiplo total implícito de $1,72 milhões / MW.

A alienação anunciada hoje faz parte da estratégia de sell down da EDP pela qual a EDPR vende participações maioritárias em projectos em operação ou em desenvolvimento. Esta estratégia permite reciclar capital, com cristalização antecipada do fluxo de caixa, e criar valor reinvestindo os lucros em crescimento adicional, continuando a prestar serviços operacionais e de manutenção.

EDP – Energias de Portugal, S.A.