Já estão abertas as candidaturas para o Free Electrons 2019

notícias edp

Já estão abertas as candidaturas para o Free Electrons 2019

Sexta-feira 18, Janeiro 2019

Programa mundial de que a EDP é fundadora está à procura das mais promissoras startups de energia e tem 200 mil dólares para a vencedora.

Já abriram as candidaturas para a 3ª edição do Free Electrons, o primeiro programa global que apresenta as mais promissoras startups às utilities líderes do setor da energia. As candidaturas estão abertas até dia 22 de fevereiro e podem inscrever-se startups de todo o mundo. A final desta competição mundial vai realizar-se pela primeira vez em Lisboa, em setembro.

O Free Electrons é um programa verdadeiramente global, focado nas possibilidades de desenvolver projetos e negócios entre startups e players do setor, e pretende encontrar soluções nas áreas da mobilidade, energias limpas, redes inteligentes e digitalização.

As primeiras duas edições do programa comprovam o potencial do Free Electrons para alavancar todos os participantes. Depois de terminada a fase de candidaturas, a organização vai selecionar as startups que vão participar no bootcamp do Free Electrons. As escolhidas vão ser conhecidas no dia 13 de março.

Tal como no ano passado, a edição 2019 do Free Electrons vai dividir-se em três módulos mundiais: o primeiro, em Columbus, no Estado norte-americano do Ohio, em maio; o segundo em Hong Kong, na China, em junho; e o terceiro e último módulo vai realizar-se em Lisboa, em setembro, onde será conhecido o grande vencedor, que receberá o prémio de 200 mil dólares.

Em 2018, a EDP desenvolveu vários projetos-piloto e investiu em 4 startups que participaram no Free Electrons e que estão a revolucionar o mercado. Uma das investidas foi a SOLshare, a grande vencedora da edição de 2018, e que está a revolucionar o mercado de energia do Bangladesh, em que mais de 50 milhões de pessoas ainda não têm acesso à rede elétrica. A empresa criou uma solução a ser instalada em casas com painéis solares, que permite a transação de créditos de energia entre habitações.

Resultados

Em apenas duas edições, este programa mundial já atraiu:

  • Mais de 1.000 candidaturas de startups de todo o mundo;
  • Candidaturas de mais de 70 países;
  • Realizados vários projetos em que foram resolvidos desafios reais das utilities, gerando negócios entre elas e estas startups;
  • Primeiras duas edições geraram mais de sete milhões de euros em contratos de negócio assinados entre 27 startups e 10 utilities.

O Free Electrons dá uma oportunidade única a startups maduras do setor da energia de terem acesso a parceiros mundiais, que podem ajudá-las a expandir-se para novos mercados por todo o mundo. As 10 utilities do setor energético que fazem parte do programa têm, juntos, cerca de 80 milhões de clientes e estão presentes em mais de 40 países.

Empresas participantes no Free Electrons

Os membros fundadores do Free Electrons são a Ausnet Services (Austrália), DEWA (Dubai), EDP (Portugal), ESB (Irlanda, Innogy (Alemanha), Origin Energy (Austrália), SP Group (Singapura) e Tokyo Electric Power Company (Japão). Desde a edição do ano passado que a American Electric Power (EUA) e a CLP (Hong Kong), se juntaram ao programa. O Free Electrons é apoiado pela portuguesa Beta-i.

Para mais informações: http://www.freetheelectron.com