EDP investe mais de dois milhões de euros para acelerar transição energética

notícias edp

solar

EDP investe mais de dois milhões de euros para acelerar transição energética

Segunda-feira 18, Novembro 2019

Centro de inovação será desenvolvido em conjunto com a comunidade académica e a Accenture, e destina-se a criar soluções para o consumidor final em áreas como a mobilidade, o armazenamento, a gestão de flexibilidade ou a gestão de energia na comunidade.

EDP Comercial vai investir mais de dois milhões de euros para desenvolver novas soluções que acelerem a transição energética em Portugal. Este projeto será desenvolvido em conjunto com a comunidade académica nacional e a consultora Accenture, e estará focado em criar e desenvolver soluções e produtos para o consumidor final.

Smart Energy LAB será um centro de inovação com a missão de desenvolver soluções tecnológicas e desenhar produtos que facilitem e apoiem as necessidades dos clientes, em áreas como a mobilidade, o armazenamento, a gestão de flexibilidade ou a gestão de energia na comunidade. Os produtos desenvolvidos nestas áreas serão, depois, adquiridos pela EDP Comercial ou por outras entidades que as queiram comercializar.

Esta iniciativa será desenvolvida num modelo de laboratório colaborativo (CoLAB, na sigla inglesa), promovido pelo Governo português e já utilizado em países como a Alemanha ou o Reino Unido, que junta a academia e as empresas com o fim de desenvolverem, em conjunto, soluções inovadoras e orientadas ao mercado.

Farão parte deste laboratório de inovação, com a EDP Comercial e a Accenture, o Instituto Superior Técnico, a Faculdade de Ciências de Lisboa, a Universidade de Coimbra, o Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores, Tecnologia e Ciência (INESCTEC) e o Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores, Investigação e Desenvolvimento em Lisboa (INESC ID). Assim, estarão juntos no processo criativo: colaboradores da EDP Comercial, que trarão experiência de negócio e uma plataforma real de testes de mercado para os produtos desenvolvidos; investigadores das entidades portuguesas de desenvolvimento científico, que trarão conhecimento e capacidades tecnológicas avançadas; e a consultora Accenture, que trará capacidade de aceleração e uma plataforma global líder na transição digital.

Pelo mérito deste projeto, foi atribuído um título de CoLAB pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia e um financiamento de 2,2 milhões de euros para a criação de novos postos de trabalho altamente qualificados e orientados à inovação. Em conjunto com o investimento inicial da EDP Comercial, o projeto terá um financiamento inicial de 4,4 milhões de euros.

Ao mesmo tempo que promovemos o emprego científico, fundamental para a retenção de talento em Portugal, esta é também uma forma diferente de atrair pessoas com conhecimento altamente especializado nas novas tecnologias, como inteligência artificial, big dataanalytics, Internet Of Things HW ou design de serviços.

A EDP Comercial aposta desta forma na descoberta de novos produtos que lhe permitirão prestar um serviço cada vez mais próximo, rápido e ágil aos seus cerca de quatro milhões de clientes.