edp news

EDP Comercial encerra todas as suas lojas e agentes a partir de sexta-feira

Quinta-feira 19, Março 2020
News

Decisão reforça as medidas aplicadas no contexto de combate à pandemia de COVID-19. A EDP Comercial mantém o atendimento ao clientes através dos canais digitais e por telefone.

Todas as lojas e agentes exclusivos da EDP Comercial vão encerrar a partir desta sexta-feira, 20 de março, por tempo indeterminado, no contexto das medidas que estão a ser aplicadas para reduzir o contacto social e conter a pandemia de COVID-19. Desde a passada segunda-feira que a empresa já só mantinha em funcionamento, e com atendimento restrito, cerca de metade das 41 lojas e 25 agentes exclusivos que também vão fechar a partir de amanhã como reforço das medidas de proteção de clientes, parceiros e colaboradores.

As equipas da EDP Comercial continuam a prestar o serviço de atendimento através dos vários meios digitais e automáticos disponíveis. Na área edpOnline – via aplicação móvel ou desktop – é possível enviar leituras, esclarecer dúvidas, consultar faturas, gerir alterações ao contrato e ainda aderir à fatura eletrónica. Os clientes podem ainda recorrer ao atendimento telefónico: através do 808 53 53 53 é possível tratar das habituais operações que já fazem em loja e, pelo número gratuito 800 10 53 53, podem também enviar leituras e pedir referências para pagamentos.

Os clientes da EDP Comercial podem ainda esclarecer qualquer dúvida ou executar operações de forma remota, consultando a área de cliente em edp.pt. No site, além da área de perguntas frequentes, contam também com o formulário de contacto e com o assistente virtual que de uma forma simples responde às questões colocadas.

No sentido de reforçar o apoio aos consumidores, a EDP Comercial decidiu também esta semana suspender todos os cortes de energia para clientes residenciais e pequenas empresas agendados para esta semana, medida que se irá manter para já. Além disso, está a implementar medidas que viabilizam a flexibilização do prazo de pagamento das faturas, via diferimento da data de pagamento ou através do parcelamento do valor em dívida, sem juros. Para tal, os clientes deverão manifestar essa intenção junto dos canais digitais ou automáticos habituais, e aguardar resposta da EDP que procurará responder às solicitações com a maior brevidade possível.

A EDP procura assim contribuir para eliminar riscos de contágio sem comprometer a capacidade de resposta às necessidades dos seus clientes. A atualização destas medidas de contingência dependerá sempre da evolução do surto e das recomendações dos próprios organismos de saúde pública que a EDP está a acompanhar em permanência.