edp news

EDP antecipa pagamento de 30 milhões de euros a 1.200 pequenas e médias empresas

Sábado 28, Março 2020
News

Empresa reforça conjunto de medidas para fazer frente ao atual contexto de pandemia ao antecipar pagamentos a pequenas e médias empresas. A esta decisão, a EDP junta mais três iniciativas de apoio à compra de equipamentos médicos.

A EDP vai antecipar para abril o pagamento de mais de 30 milhões de euros que cerca de 1.200 fornecedores – sobretudo pequenos negócios e pequenas e médias empresas (PME) – só deveriam receber em maio. Esta medida pretende ser um apoio no atual contexto de pandemia para garantir que essas empresas têm liquidez para pagar salários e manter a sua atividade, assim como os postos de trabalho.

Atenta aos sinais de emergência causados pelo impacto da Covid-19, a EDP tem procurado desde o primeiro momento antecipar medidas que apoiem os cidadãos e as empresas a fazer frente a esta conjuntura excecional. Nesse sentido, e além da iniciativa de antecipar pagamentos a fornecedores, a EDP foi a primeira a suspender cortes de energia aos clientes residenciais e pequenos negócios durante este período, garantindo assim um apoio adicional no atual contexto.

A EDP, que mantém o seu compromisso de investir cerca de mil milhões de euros em Portugal, continuará atenta a todas as oportunidades que possam interferir positivamente na cadeia de valor, injetando liquidez na economia nacional.

EDP financia apoios médicos em Portugal, Espanha e Brasil

Para participar no esforço coletivo de combate à atual pandemia, a EDP avançou com novas medidas com vista a adquirir materiais e equipamentos para hospitais e equipas médicas. No total, estas ações em Portugal, Espanha e Brasil envolvem apoios financeiros superiores a 1,5 milhões de euros.

Uma dessas iniciativas envolve a doação de 500 mil euros para aquisição de materiais essenciais para garantir a proteção de pacientes e pessoal médico em hospitais no combate ao novo coronavírus. Esta lista inclui 500 mil máscaras cirúrgicas, mais de 20 mil máscaras para respiradores e 10 mil fatos de proteção – todos estes equipamentos deverão ser entregues ao longo das primeiras três semanas de abril.

A EDP já tinha anunciado, em parceria com a China Three Gorges (CTG), a oferta de 50 ventiladores, 200 monitores e equipamento médico de suporte aos hospitais portugueses. Esses equipamentos deverão chegar à embaixada portuguesa em Pequim no início da próxima semana para seguirem rumo ao Ministério da Saúde, em Lisboa, que decidirá depois como serão distribuídos.

Também em Espanha, através da Fundação EDP, a empresa vai doar mais de 40 mil euros para apoiar a produção de 15 mil litros de gel desinfetante, produto que tem sido fundamental para reforçar as medidas de prevenção e segurança face ao coronavírus. Neste projeto público, que envolve várias empresas espanholas, o contributo da EDP irá permitir a compra de bioetanol e ainda assumir o custo com outros componentes e o transporte dos materiais. A produção arranca já na próxima semana e terá como prioridade a distribuição entre as forças de segurança espanholas.

A EDP Brasil também se juntou a este esforço coletivo na última semana ao aprovar a doação de seis milhões de reais (mais de um milhão de euros) para ajudar na compra de 345 ventiladores para os hospitais no Estado de São Paulo. Com esta participação, a mais elevada entre os vários parceiros da iniciativa, a EDP garantiu 25% do financiamento necessário para adquirir esses equipamentos.