edp news

EDP junta-se ao movimento Portugal #EntraEmCena para promover e apoiar a cultura nacional

Terça-feira 31, Março 2020

Artistas, entidades públicas e privadas, fundações e marcas unem esforços num movimento inédito em torno da cultura

A EDP junta-se ao movimento Portugal #EntraEmCena, um projeto inédito entre artistas, marcas, empresas públicas e privadas que se unem num esforço colaborativo para salvaguardar a cultura e os seus intervenientes neste momento crítico para o setor.

Sob a forma de um marketplace digital, este movimento permitirá que artistas possam lançar ideias e obter investimento para a fase de conceção e desenvolvimento. Também as empresas privadas e públicas podem aqui encontrar talento e ideias propostas por artistas e lançar desafios ao desenvolvimento de novos projetos artísticos, escolhendo as que pretendem remunerar já.

A EDP junta-se, assim, num movimento ímpar a outras entidades com um histórico de apoio e investimento em cultura, tendo ainda o apoio institucional do Ministério da Cultura

Segundo Paulo Campos Costa, diretor global de marca, marketing e comunicação da EDP, “A cultura é um dos pilares estratégicos da EDP, que apoia muitos eventos ao longo do ano, não só em Portugal, mas também em outras geografias onde estamos presentes. Por isso, não podíamos ficar indiferentes a este movimento de apoio, sobretudo neste momento crítico provocado pela Covid-19”.

Sabendo que este momento é particularmente adverso para todos os que viram as suas fontes de rendimento canceladas ou adiadas, o ponto de partida deste movimento é que, a partir da colaboração gerada a partir de uma plataforma digital, surja mais investimento neste setor e em projetos que podem acontecer já, a partir de casa, quando a atividade normal for retomada ou durante o próximo ano.

Este movimento representa um investimento global acima de um milhão de euros, através desta plataforma, em projetos que não poderão ultrapassar, cada um, 20 mil euros - muitas mais entidades se poderão juntar. Para que a cultura não seja também uma vítima do coronavírus, entra em cena este movimento transformativo, que pretende garantir a identidade e sustentabilidade cultural do país - agora e sempre.

 

Para mais informações:

www.portugalentraemcena.pt