Política de Relacionamento com Stakeholders

princípios e políticas

Política de Relacionamento com Stakeholders

O envolvimento de Stakeholders no Grupo EDP é uma prioridade estratégica para a manutenção de um diálogo aberto e transparente da Companhia com as suas partes interessadas.

Os objetivos da EDP são construir e reforçar relações de confiança, partilhar conhecimento e informação relevante, antecipar desafios e identificar novas oportunidades de cooperação com os nossos Stakeholders.

Princípios Gerais

Ao criar uma Política de Relacionamento de Stakeholders, o Grupo EDP tem, também, como missão criar valor para as várias partes interessadas, em todas as geografias.

E fazemo-lo através de quatro grandes Compromissos Orientadores: Compreender, Comunicar, Confiar e Colaborar. Estes compromissos consubstanciam uma Política que pretende superar o simples cumprimento dos requisitos formais da legislação, contribuindo assim para um envolvimento eficaz e genuíno dos diferentes Stakeholders do Grupo. Como suporte à prossecução desta Política de Relacionamento, foi criada a Direção de Relações Institucionais e Stakeholders, em Abril de 2012, que atua em conjunto, e de forma articulada, com as diferentes Unidades de Negócio, em Portugal e noutras geografias, e com as várias direções do Centro Corporativo, potenciando a eficácia do relacionamento estratégico com os Stakeholders da companhia.

A Política de Relacionamento com Stakeholders do Grupo EDP assenta em quatro Compromissos Orientadores:

Ver Todas
svg
1. Compreender:
svg svg

- Identificamos de forma dinâmica e sistemática os Stakeholders que influenciam e são influenciados pela Companhia, e analisamos e procuramos compreender as suas expectativas e interesses nas decisões que os impactam diretamente. ​

2. Comunicar:
svg svg

- Estamos comprometidos na promoção de um diálogo bidirecional com os Stakeholders, através de ações informativas e consultivas.
- Ouvimos, informamos e respondemos aos Stakeholders de forma consistente, clara, rigorosa e transparente, com o objetivo de construir relações de proximidade, fortes e duradouras.

3. Confiar:
svg svg

- Acreditamos que a promoção de um clima de confiança com os nossos Stakeholders é crucial para estabelecer relações estáveis e de longo prazo.
- O nosso relacionamento com as partes interessadas baseia-se em valores como a transparência, a integridade e o respeito mútuo.

4. Colaborar:
svg svg

É nossa ambição colaborar com os Stakeholders na construção de parcerias estratégicas que congreguem e partilhem conhecimento, competências e ferramentas, promovendo assim a criação de valor partilhado de forma diferenciadora.

Compreender, Comunicar, Confiar e Colaborar

Ver Todas
svg
1. Compreender: Incluir, Identificar, Priorizar.
svg svg
  • Ser responsável perante aqueles sobre os quais a organização tem impacto e aqueles que geram impacto sobre a organização, assegurando que as minorias têm a mesma capacidade de envolvimento dos restantes Stakeholders;
  • Identificar de forma dinâmica e sistemática os Stakeholders que influenciam e são influenciados direta e indiretamente pela empresa e pelas suas atividades, bem como os assuntos apontados como relevantes pelos Stakeholders;
  • Priorizar de forma equitativa os Stakeholders e os assuntos apontados por eles como relevantes.
2. Comunicar: Informar, Ouvir, Responder
svg svg
  • Assegurar que os Stakeholders têm acesso à informação, estabelecendo canais de comunicação bidirecionais, diretos e eficientes, disponibilizando ativamente informação clara, compreensível e rigorosa às diversas partes interessadas; 
  • Consultar e ouvir, de forma pró-ativa e continuada, as preocupações, os interesses e as expectativas dos Stakeholders, preparar planos de auscultação e estratégias de envolvimento à medida das características dos diferentes Stakeholders; 
  • Responder aos assuntos relevantes identificados pelos Stakeholders dentro de um prazo razoável, atendendo às características das partes interessadas envolvidas.
3. Confiar: Transparência, Integridade, Respeito, Ética
svg svg
  • Estabelecer um relacionamento transparente com os Stakeholders, assegurando que conhecem e compreendem os objetivos da empresa;
  • Informar os Stakeholders sobre os impactes económicos, ambientais e sociais da organização ou de determinado projeto, que os poderiam influenciar significativamente; 
  • Respeitar as opiniões e os direitos dos Stakeholders, tratando-os de forma justa, sem discriminação, respeitando a diversidade e os seus direitos legais;
  • Garantir que as ações de envolvimento são assentes nos valores, nas políticas e nos princípios éticos do Grupo EDP.
4. Colaborar: Integrar, Partilhar, Cooperar, Reportar
svg svg
  • Integrar na estratégia da empresa os contributos relevantes identificados pelos Stakeholders;
  • Partilhar conhecimento e competências com os Stakeholders;
  • Trabalhar em cooperação na construção de soluções, estabelecendo parcerias estratégicas que produzam resultados positivos para ambas as partes;
  • Partilhar os resultados de desempenho da empresa, bem como os resultados dos diferentes processos de envolvimento com os Stakeholders, disponibilizando, sempre que apropriado, informação de desempenho verificada.

Modelo de Segmentação de Stakeholders 

Os Stakeholders da EDP são todas as entidades ou pessoas que influenciam ou são influenciadas pelas atividades, produtos e serviços da EDP. Os Stakeholders do Grupo EDP estão organizados em quatro segmentos: Democracia, Cadeia de Valor, Mercado e Envolvente Social e Territorial.

1. Cadeia de Valor: Colaboradores, Sindicatos, Fornecedores, Comunidade Científica, Clientes, Associações de Consumidores e Associações Empresariais.

2. Mercado: Concorrência, Entidades Financeiras, Acionistas e Investidores.

3. Democracia: Governo, Organismos Públicos, Regulação, Parlamento, Partidos Políticos, e Instituições Internacionais.

4. Envolvente Social e Territorial: ONG, Comunidades Locais, Autarquias, Media e Líderes de Opinião.

Esta política foi aprovada pelo Conselho de Administração Executivo da EDP- Energias de Portugal, S.A (CAE) em 14 de Novembro de 2013.