Água

dimensão ambiental

Recursos Naturais

Os recursos naturais são escassos e é premente promover a sua utilização sustentável. Na Política de Ambiente da EDP assumimos um conjunto de princípios que visam o uso eficiente dos recursos naturais.

A água é um recurso essencial para as operações do Grupo EDP, sendo utilizada para a produção de vapor e nos circuitos de refrigeração das centrais termoelétricas, produção de eletricidade através da turbinação de água nas centrais hidroelétricas, e para outras utilizações como por exemplo rega e consumo humano. A EDP reconhecendo a importância da gestão do recurso água, publicou em 2012 a Política de Gestão da Água.

A redução da utilização deste recurso é um objetivo global do Grupo EDP e tem vindo a ser incluído nos programas ambientais das instalações.

A utilização de torres de refrigeração, em todos os novos projetos, veio minimizar substancialmente este impacte, uma vez que reduz significativamente a quantidade de água captada e consequentemente rejeitada. As variações que se verificam nas captações de água devem-se maioritariamente à maior ou menor produção das diferentes centrais térmicas em determinados períodos.

A EDP responde anualmente ao questionário sobre gestão da água promovido pelo CDP. O questionário CDP Water permite clarificar a estratégia, os objetivos, os planos de gestão, os riscos e oportunidades e o desempenho do Grupo EDP face a esta temática, com crescente enfoque na cadeia de fornecimento.

Utilização de águas

  •  
    Unidade
    2016
    2015
    2014
    2013
  •  
    Unidade
    2016
    2015
    2014
    2013
    Oceano
    x10^3 m^3
    1.477.099
    1.693.580
    1.612.252
    1.586.479
  •  
    Unidade
    2016
    2015
    2014
    2013
    Rio/Ribeira
    x10^3 m^3
    16.031
    43.155
    16.591
    16.116
  •  
    Unidade
    2016
    2015
    2014
    2013
    Albufeira
    x10^3 m^3
    6
    9
    11
    26
  •  
    Unidade
    2016
    2015
    2014
    2013
    Furo
    x10^3 m^3
    149
    111
    94
    105
  •  
    Unidade
    2016
    2015
    2014
    2013
    Poço
    x10^3 m^3
    12
    32
    15
    57
  •  
    Unidade
    2016
    2015
    2014
    2013
    Serviços Municipalizados
    x10^3 m^3
    15.561
    11.825
    3.046
    3.195
  •  
    Unidade
    2016
    2015
    2014
    2013
    Outra entidade privada
    x10^3 m^3
    1.420
    1.493
    1.565
    2.361

A maior captação de água é para utilização no processo de refrigeração das centrais térmicas. Nos circuitos abertos devolve-se a água praticamente na sua totalidade ao meio hídrico, enquanto nos circuitos fechados a água captada é necessária essencialmente para compensar a água evaporada nas torres de refrigeração.

As fontes de captação de água são diversas, no entanto verifica-se que aproximadamente 97,8% da água captada provém do oceano e é destinada às centrais termoelétricas a carvão de Sines (Portugal) e Aboño (Espanha). 

A elevada hidraulicidade registada em Portugal (+36% de produção hídrica, face a 2015) e a saída de operação do grupo 2 da Central Térmica Soto de Ribera em Espanha contribuíram para a redução do volume de água captado para os circuitos de refrigeração (-14% face a 2015), compensando o primeiro ano completo de produção da Central Térmica de Pecém, no Brasil.

Para além da água de refrigeração, consideram-se também como principais utilizações de água do Grupo EDP os consumos de água bruta e água para consumo humano, constituindo usos de água doce.  
 

A saída de operação do grupo 2 da Central de Soto de Ribera em 2016 compensou o primeiro ano completo de produção da Central de Pecém, justificando a variação anual 2016-2015.
 
Em 2016, o Grupo EDP reciclou ou reutilizou 649.771 m3, incluindo os condensados nas instalações de cogeração.

Histórias relacionadas