yes to culture logo
Arts and culture
Program
15 projects
MAAT

Em Portugal, um novo impulso cultural para a cidade de Lisboa.

O MAAT – Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia, inaugurado em outubro de 2016, no contexto da política de mecenato cultural há muito assumida pela Fundação EDP, traduz a ambição de apresentar exposições nacionais e internacionais. Para além de possibilitar diversas abordagens sobre a Coleção de Arte da Fundação EDP, no que à curadoria diz respeito, promove a reflexão sobre temas e tendências da atualidade.

aerial view of maat

MAAT – o diálogo da tecnologia sobre, sob e através da arte

Estávamos em 1976, quando a Central Tejo foi desclassificada oficialmente, tendo a EDP assumido a sua posse no ano seguinte. Em 1982, o espaço deu lugar ao Museu da Electricidade e, quatro anos depois, a “fábrica que eletrificou Lisboa”, foi alvo de classificação como Imóvel de Interesse Público. Em 2016, nas margens do Tejo, instalado em dois edifícios, nascia o MAAT – Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia, num projeto assinado pela arquiteta britânica Amanda Levete.

 

Uma experiência imersiva

Imaginado como uma experiência imersiva, a estrutura futurista do MAAT veio estabelecer uma nova relação com o rio, em particular, e com o mundo, explorando uma relação simbiótica entre a  arte contemporânea, a arquitetura e a tecnologia. Com mais de 9.000 m², a integração da estrutura na paisagem foi pensada para permitir que os visitantes caminhem sobre, sob e através do edifício. Durante o primeiro ano de abertura, o MAAT recebeu mais de 500.000 visitantes, granjeando uma popularidade muito superior à de qualquer outro museu público português.

Gerido pela Fundação EDP, o MAAT, que também tem funcionado como montra da coleção de arte da empresa, apresenta, em média, 18 exposições por ano, assumindo-se como uma alternativa para acolher exposições de outros países que, até aqui, quase não marcavam presença no nosso panorama cultural. Além de possibilitar diversas abordagens sobre a Coleção de Arte da Fundação EDP, no que à curadoria diz respeito, a diversidade de programas e de espaços do MAAT posicionam-no como um importante marco no roteiro cultural de Lisboa.  

 

A Coleção de Arte da Fundação EDP

A Coleção de Arte da Fundação EDP começou a ser constituída em 2000, englobando diversas gerações de artistas portugueses contemporâneos, bem como várias formas de expressão e criação artística como a pintura, fotografia, vídeo ou instalação. Em constante evolução através de aquisições anuais, a coleção compreende aproximadamente 2 400 obras da autoria de mais de 330 artistas. Embora a peça mais antiga date de 1942, esta coleção teve como referência cronológica de partida a década de 1960, época de mudanças revolucionárias não apenas na sociedade, mas também na arte. É também desta época a criação da Companhia Portuguesa de Eletricidade, precursora da EDP (Energias de Portugal).

Em 2015, através da aquisição da Coleção Pedro Cabrita Reis, constituída por 388 obras de 74 artistas, a Fundação EDP passou a dispor de um dos mais significativos acervos de arte contemporânea portuguesa da viragem do século XX. Na temporada de 2021–2022, a Coleção foi enriquecida com um conjunto de autores e obras de diferentes tempos, origens e sentidos, de onde se destacam Fernando Calhau (Água-mar-tempo, 1975), João Vieira (Viúva Negra, 1981), Miguel Branco (Sem título, 2021) ou Ana Jotta (Ricochete #2 e Ricochete #6, ambas de 2017).

 

Impacto (resultados alcançados)

Classificação B4SI
B4SI_AC
Subscribe to our newsletter

Our program brings together over 500 social responsibility projects, investing more than 30M€ each year to create positive change on a global scale.
We are thrilled to invite you to subscribe to our newsletter and join the movement!

terms of the GDPR privacy policy
EN
 
Information about the processing of your personal data:

EDP ​​- Energias de Portugal S.A. (“EDP”) is the entity responsible for processing your personal data submitted in this form for the purpose of sending newsletters related to the social responsibility projects developed by the EDP Group, which are processed based on your consent.We inform you that EDP may resort to subcontractors who will process the data in the name and on behalf of EDP under the terms of the contracts established with these entities and following instructions from EDP. EDP ​​will keep your personal data as long as you are interested in receiving our newsletter, or for a longer period if legally obliged to do so. In any case, EDP always implements the appropriate technical and organizational measures.
You may exercise your rights of access, rectification, deletion, portability, limitation or opposition by sending an email to SICO@edp.com. You may also, through this email address, withdraw your consent to the processing of data for the indicated purpose, which does not, however, invalidate the processing carried out up to that date based on the consent previously given.You can also submit a complaint to the National Data Protection Commission, if you consider that your rights in this matter have not been respected. For any question related to this information, you may also contact EDP's data protection officer (DPO), via email dpo.pt@edp.com.

---------------------------------------------------------------------------------------------------

PT

 
Informação sobre o tratamento dos seus dados pessoais:

A EDP - Energias de Portugal S.A. (“EDP”) é a entidade responsável pelo tratamento dos seus dados pessoais submetidos no presente formulário para efeitos de envio de newsletters relacionadas com os projetos de responsabilidade social desenvolvidos pelo Grupo EDP, sendo os mesmos tratados com fundamento no seu consentimento. Informamos que a EDP poderá recorrer a subcontratantes que tratarão os dados em nome e por conta da EDP nos termos dos contratos estabelecidos com essas entidades e mediante instruções da EDP. A EDP conservará os seus dados pessoais enquanto mantiver o interesse em receber a nossa newsletter, ou por período superior se estiver legalmente obrigada a fazê-lo. Em qualquer caso, a EDP implementa sempre as medidas técnicas e organizativas adequadas.
Poderá exercer os seus direitos de acesso, retificação, apagamento, portabilidade, limitação ou oposição através do envio de e-mail dirigido a SICO@edp.com. Poderá igualmente, através do referido endereço de correio eletrónico, retirar o seu consentimento para o tratamento dos dados para a finalidade indicada, o que não invalida, no entanto, o tratamento efetuado até essa data com base no consentimento previamente dado. Poderá ainda submeter uma reclamação junto da Comissão Nacional de Proteção de Dados, se considerar que os seus direitos nesta matéria não foram respeitados. Para qualquer questão relacionada com a presente informação poderá ainda contactar o encarregado de proteção de dados (DPO) da EDP, através do e-mail dpo.pt@edp.com

---------------------------------------------------------------------------------------------------
ES

 
Información sobre el tratamiento de sus datos personales:

EDP ​​- Energias de Portugal S.A. (“EDP”) es la entidad responsable del procesamiento de sus datos personales enviados en este formulario con el fin de enviar boletines relacionados con los proyectos de responsabilidad social desarrollados por el Grupo EDP, que se procesan en base a su consentimiento. Le informamos que EDP podrá recurrir a subcontratistas que tratarán los datos en nombre y por cuenta de EDP en los términos de los contratos establecidos con estas entidades y siguiendo instrucciones de EDP. EDP ​​conservará sus datos personales mientras esté interesado en recibir nuestra newsletter, o durante un período superior en caso de obligación legal. En cualquier caso, EDP siempre implementa las medidas técnicas y organizativas adecuadas.
Puede ejercer sus derechos de acceso, rectificación, supresión, portabilidad, limitación u oposición enviando un correo electrónico a SICO@edp.com. También podrá, a través de esta dirección de correo electrónico, retirar su consentimiento para el tratamiento de datos con la finalidad indicada, lo que, sin embargo, no invalida el tratamiento realizado hasta esa fecha en base al consentimiento previamente prestado. También puede presentar una reclamación ante la Comisión Nacional de Protección de Datos, si considera que no se han respetado sus derechos en esta materia. Para cualquier cuestión relacionada con esta información, también puede ponerse en contacto con el delegado de protección de datos (RPD) de EDP, a través del correo electrónico dpo.pt@edp.com.

 
Esta questão é para testar se você é um visitante humano ou não a fim de prevenir submissões automáticas de spam.