ação edp
Fases da privatização EDP

Na sequência do Decreto-Lei nº 205 - G/75, de 16 de Abril, que resultou na nacionalização das empresas que então operavam na produção, transporte e distribuição de energia eléctrica, foi criada a EDP, pelo Decreto-Lei nº 502/76, de 30 de Junho, através da absorção dos activos das referidas empresas e da atribuição da exclusividade do exercício do serviço público, no território do continente, da produção, transporte e distribuição de energia eléctrica.

A EDP, que começou por ser uma empresa pública, viu o seu estatuto ser sucessivamente transformado até se constituir uma Sociedade Anónima de capitais exclusivamente públicos. Actualmente é uma empresa cotada na Euronext Lisbon e tanto o Estado como outros Entes Públicos não detêm qualquer participação directa ou indirecta na estrutura de capital.

As acções representativas do capital social da EDP foram inicialmente admitidas à negociação no mercado de cotações oficiais da NYSE Euronext Lisboa (então denominada Bolsa de Valores de Lisboa) em 16 de Junho de 1997, sendo posteriormente sujeita a 8 fases de privatização.

No dia 17 de Julho de 2000, foi realizado um Stock Split de 1 por 5 na consequência da alteração do valor nominal das acções representativas do capital social da EDP, de 5 euros para 1 euro.

FASE DE PRIVATIZAÇÃO
DATA
PREÇO DE COMPRA EM ESCUDOS
PREÇO DE COMPRA EM EUROS
PREÇO DE COMPRA AJUSTADO EM EUROS
FASE DE PRIVATIZAÇÃO
Primeira
DATA
17/06/1997
PREÇO DE COMPRA EM ESCUDOS
2.250
PREÇO DE COMPRA EM EUROS
11,22
PREÇO DE COMPRA AJUSTADO EM EUROS
2,16
FASE DE PRIVATIZAÇÃO
Terceira
DATA
28/06/1998
PREÇO DE COMPRA EM ESCUDOS
4.300
PREÇO DE COMPRA EM EUROS
21,45
PREÇO DE COMPRA AJUSTADO EM EUROS
4,12
FASE DE PRIVATIZAÇÃO
Quarta
DATA
23/10/2000
PREÇO DE COMPRA EM ESCUDOS
-
PREÇO DE COMPRA EM EUROS
3,1
PREÇO DE COMPRA AJUSTADO EM EUROS
2,98
FASE DE PRIVATIZAÇÃO
Quinta
DATA
02/12/2004
PREÇO DE COMPRA EM ESCUDOS
-
PREÇO DE COMPRA EM EUROS
2,264
PREÇO DE COMPRA AJUSTADO EM EUROS
2,264