Sistema que mede aplausos no Teatro EDP Gran Vía vence prémio de inovação

notícias edp

Teatro EDP Gran Vía

Sistema que mede aplausos no Teatro EDP Gran Vía vence prémio de inovação

Segunda-feira 08, Julho 2019

Teatro em Madrid mede a energia gerada pelos aplausos e converte-a em kWh para doar a projetos solidários. Originalidade do projeto valeu duas importantes distinções à EDP em Espanha

O Teatro EDP Gran Vía é o primeiro da Península Ibérica capaz de medir a energia do público para gerar uma experiência de partilha única. Os aplausos, os risos e as emoções são convertidas em quilowatts por hora, energia que a EDP doa depois a instituições e iniciativas solidárias.

Foi com este projeto que a EDP ganhou duas distinções: a Melhor Inovação em Conteúdo Patrocinado, pelo Publifestival 2019 (Festival Internacional de Publicidade Social), e o prémio Bronze da EventoPlus 2019, na categoria de Melhor Evento Promocional. Os dois galardões, que estão entre os mais prestigiados do setor em Espanha, foram atribuídos recentemente em Madrid.

A tecnologia que mede os aplausos no Teatro EDP Gran Vía, reconhecida agora com estes prémios, tem como base uma rede de microfones distribuídos por toda a sala. Os sons gerados pelo público e pelo elenco são captados e depois analisados por um sistema que mede os decibéis do espetáculo e o momento exato em que foram produzidos. É possível saber quais os períodos em que o público mais se emocionou ou reagiu de forma mais efusiva.

No final do espetáculo, os decibéis são convertidos em quilowatts/hora (kWh), cabendo a cada grupo responsável pelo espetáculo decidir a que organização doar a energia. Desde que este projeto arrancou, já foi possível gerar mais de 71 mil kWh, o equivalente ao consumo anual de 19 casas, que beneficiaram vários projetos em Espanha.

https://youtu.be/BSsWHPwQd10

A iniciativa de medir os aplausos surge no âmbito do apoio da EDP ao Teatro Gran Vía, na avenida mais movimentada da capital espanhola. O patrocínio - iniciado em janeiro de 2019 em colaboração com o grupo Smedia, gestora da sala de espetáculos madrilena - vai estar em vigor nos próximos três anos e reforça o compromisso da empresa com o apoio e promoção da cultura da Espanha, bem como o envolvimento com vários projetos solidários.