edp news

EDP entrega mais de 500 mil máscaras e fatos de proteção individual para hospitais

Quinta-feira 02, Abril 2020

Primeiros artigos chegaram a Lisboa esta semana para serem entregues ao Ministério da Saúde. Equipamentos de proteção individual, num total de meio milhão de euros, destinam-se a hospitais das cinco administrações regionais de saúde.

A EDP vai entregar mais de 500 mil artigos de proteção individual para profissionais de saúde em hospitais portugueses para reforçar o apoio no combate à atual pandemia. A lista de material, que começou a chegar esta quarta-feira,1 de abril, inclui 500 mil máscaras cirúrgicas, perto de 20 mil máscaras FFP2 (respiradores) e ainda 10 mil fatos de proteção.

Esta oferta visa ajudar na resposta às especiais necessidades dos hospitais portugueses de equipamentos essenciais para a prevenção e tratamento do atual surto de Covid-19. Após o contacto com o Gabinete da Secretária de Estado Adjunta e da Saúde, que identificou a lista de equipamentos de proteção individual (EPI) prioritários, a EDP aprovou um investimento de 500 mil euros para a aquisição e oferta desses artigos.

Todos estes materiais estão a ser entregues na Reserva Estratégica Nacional, em Lisboa, ao cuidado do Exército Português, que tem a missão de armazenar e cuidar destes equipamentos até à sua distribuição pelas cinco Administrações Regionais de Saúde (ARS) – Norte, Centro, Lisboa e Vale do Tejo, Alentejo e Algarve – de acordo com as necessidades de cada zona e cada unidade hospitalar.

Os materiais serão entregues à medida que forem chegando ao país, sendo que parte significativa das máscaras cirúrgicas, cerca de 400 mil, foram já entregues esta quarta-feira (as restantes 100 mil deverão ser entregues nos próximos dias), cerca de 20 mil máscaras FFP2 e 10 mil fatos de proteção individual têm entrega prevista a partir da próxima semana.

A propósito da entrega do primeiro lote de material, a Secretária de Estado Adjunta e da Saúde, Jamila Madeira, aproveitou para agradecer a iniciativa de solidariedade da EDP com o SNS, que se junta às de várias outras entidades. “Num contexto muitíssimo exigente de procura pelos países em todos os cantos do mundo, os equipamentos entregues representam uma valiosa ajuda ao intenso trabalho que está a ser desenvolvido em várias frentes para, continuamente, ser possível reforçar a proteção dos nossos profissionais de saúde, que estão na linha da frente do combate à pandemia da Covid-19, em todo o país”, sublinhou a secretária de Estado.

“É um pequeno contributo para o grande esforço nacional que está a ser feito para superar este momento crítico”, defendeu o administrador da EDP, Rui Teixeira, na visita ao espaço onde as primeiras 400 mil máscaras cirúrgicas foram entregues, juntamente com a Secretária de Estado Adjunta e da Saúde. “A EDP assumiu desde o primeiro momento, neste contexto de crise, uma postura de responsabilidade social e empresarial e um apoio que começou, desde logo, contribuindo diretamente para as necessidades do SNS. Esta entrega junta-se a outras ofertas significativas que a EDP está a fazer, como é o caso dos 50 ventiladores, 200 monitores médicos e outro material de apoio que chegarão nos próximos dias”, que se juntam a várias iniciativas de apoio a empresas, fornecedores e clientes.