Projetos NEW R&D

Duração    
30 meses
Orçamento
2 M€    
Demonstradores
Porto e Hasselt

Objetivo:

O principal objetivo do AmBIENCe é expandir o conceito de Contratos de Performance de Energia (CPE) a edifícios “ativos” – com flexibilidade acessível e passível de ser valorizada – e torna-lo disponível e apelativo para uma maior gama de edifícios (e grupo de edifícios), combinando poupanças advindas de medidas tradicionais de eficiência energética com fontes de lucro adicionais, resultantes da implementação de esquemas (implícitos e explícitos) de Demand Response. Os CPEs ativos serão implementados visando:

  • Estimular o investimento em equipamento e serviços eficientes para o sector público e privado;
  • Capacitar o consumidor com meios para melhor gerir o seu consumo energético;
  • Favorecer a renovação de edifícios, de forma a aumentar o conforto e segurança dos seus ocupantes.

 

Destaques

  • Coordenador do projeto: VITO
  • O NEW R&D lidera o Work Package de implementação e validação


Demonstradores

  • Porto (Portugal): o conceito de CPEs ativos será implementado e testado em dois edifícios da EDP no Porto, inaugurados em 2011, e concebidos de acordo com um conjunto inicial de medidas de eficiência energética. A demonstração focar-se-á na criação de conhecimento relativo à integração de serviços energéticos com não-energéticos, através de uma oferta multifuncional, cuja futura aplicabilidade e viabilidade financeira será avaliada.
  • Hasselt (Bélgica): o conceito de CPEs ativos será implementado no campus da Universidade PXL. A demonstração pretende incrementar a eficiência energética e fomentar a renovação dos 15 edifícios que constituem este polo universitário, através da exploração do potencial dos sistemas AVAC, de regulação e iluminação. De modo a determinar estratégias ótimas de gestão para contextos específicos (enquadramento regulatório, estrutura tarifária, evolução do custo das tecnologias usadas, etc.), serão implementados modelos de consumo e flexibilidade para cada edifício, juntamente com algoritmos de controlo. Adicionalmente, serão ainda integrados nessas estratégias modelos que caraterizem o comportamento dos seus ocupantes (usando sensorização e TIC).

Âmbito do NEW R&D

O NEW R&D será o líder do Work Package de implementação e validação do conceito nuclear do AmBIENCe e o responsável pelas atividades de demonstração que serão realizadas no Porto, onde, juntamente com a EDP Comercial, irá:

  • Testar e validar o conceito de CPEs ativos em dois edifícios;
  • Implementar e estender esquemas de medição e coleção de dados para a formulação do conceito de CPEs ativos;
  • Fornecer serviços não-energéticos adicionais e complementares, verificando a interação dos requisitos entre estes e os energéticos;
  • Desenvolver CPEs para edifícios ativos que sejam apelativos para os donos dos edifícios, facilitando, assim, novas oportunidades de negócio para os parceiros comerciais;
  • Demonstrar o potencial de uma oferta de contrato transparente que relacione poupanças/lucros com parâmetros compreensíveis e confiáveis para os utilizadores;
  • Monitorizar o impacto do conceito, em termos de poupanças energéticas, contemplando a flexibilidade disponível dos edifícios. Os resultados serão comparados com os seguintes casos de base: edifício sem CPE e com um CPE convencional.

O NEW R&D irá também conduzir o desenvolvimento de cenários alternativos de estudo e método de cálculo do impacto no sistema energético do conceito a adotar, assim como gizar um plano de exploração para os parceiros comerciais, baseado no conceito de CPEs ativos.

Parceiros