Sustentabilidade

Estamos conscientes da importância das nossas atividades como fatores de desenvolvimento e melhoria da qualidade de vida das populações. Por isso, contribuímos ativamente para a preservação do Ambiente e dos Recursos Naturais e para o Desenvolvimento Sustentável das Sociedades.

A mitigação dos impactes ambientais, integrante da Política de Ambiente da EDP, é assegurada por sistemas de gestão ambiental certificados de acordo com a ISO 14001:2015, alinhados num Sistema de Gestão Ambiental Corporativo (SIGAC), aplicável à “gestão corporativa das políticas, dos compromissos assumidos e do desempenho ambiental do Grupo EDP em todo o mundo”, certificado desde 2008, pela Lloyd’s Register Quality Assurance (certificado n.º ISO 14001 – 0030519).

Ativos certificados 2019
Ativos certificados 2019
Ativos certificados 2019

Até ao final de 2019, obtivemos a certificação ISO 14001,  de 96% dos ativos com potenciais impactes ambientais. Estes activos incluem todas as atividades da cadeia de valor - produção, distribuição e comercialização. Para 2020, temos o objetivo de atingir 100% de atividades com impacte ambiental certificadas.

Conheça os Indicadores de Desempenho do Grupo EDP e saiba mais sobre os Sistemas de Gestão Ambiental no Grupo: EDP em Portugal | EDP Espanha | EDP Renováveis

A Biodiversidade é um bem essencial

O modelo de crescimento económico atual é o principal responsável pela perda acelerada de biodiversidade que se tem verificado. A perda de biodiversidade e o colapso dos ecossistemas está entre as principais ameaças que a humanidade enfrentará na próxima década. Os cientistas estimam que as taxas de perda de espécies já é 1.000 a 10.000 vezes superior às taxas normais, com um milhão de espécies animais e vegetais sob ameaça, e que 60% dos serviços prestados pelos ecossistemas ao Homem estão degradados ou são usados de forma insustentável. 

Conhecemos, avaliamos e consideramos as nossas dependências e impactes e as espécies potencialmente afectadas (ver lista e avaliação) pelas nossas atividades. Assim, prevemos uma hierarquia de mitigação com medidas para evitar e minimizar o impacte e restaurar e compensar quando este ocorre, nos diferentes países onde estamos presentes. 

Além disso, nos processos de tomada de decisão temos também em consideração todos os riscos e oportunidades.

O que fazemos para travar a perda de biodiversidade:

A biodiversidade está sob ameaça, e as metas globais dependem do contributo de todos. É neste desafio global que surge enquadrada a Política de Ambiente do Grupo, com compromissos específicos para a biodiversidade, e que adicionalmente nos comprometemos:

  • a não construir novas instalações de produção em áreas que integram os Sítios Naturais da Lista de Património Mundial da UNESCO, de forma a garantir que continuamos a não ter presença nestes territórios
  • com uma meta Sem Perda Líquida (No Net Loss) de biodiversidade de todos os novos projetos com impactes residuais significativos, até 2030. Para tal, pretendemos  reduzir o impacte ao ponto de não haver efeitos adversos na biodiversidade
  • a atuar na área da educação de crianças e jovens para a preservação da biodiversidade, com programas como as Escolas com Energia, entre outros. No âmbito da investigação, co-financiamos a Cátedra EDP em Biodiversidade, atribuída à Universidade do Porto. 

 

Alguns outros projetos:

A Natureza é a principal fonte de Recursos

Os recursos naturais são escassos e é premente promover a sua utilização sustentável assente em modelos económicos e padrões de consumo indutores da degradação acelerada dos recursos naturais.

A Economia Circular enquanto novo modelo de negócio, visa uma gestão eficiente de recursos naturais, bem como a redução de resíduos. Mas esta abordagem exige uma alteração do actual modelo económico em que vivemos – modelo linear, produção, consumo, descarte. Saiba mais sobre a abordagem de Economia Circular do Grupo EDP

Estamos a reduzir as emissões

Reduzir as emissões é um compromisso assumido. Por esse motivo, recorremos às melhores tecnologias disponíveis e economicamente viáveis, por forma a minimizar a nossa pegada no ambiente.

      
Estamos a gerir os resíduos de forma sustentável


Praticamos uma gestão de resíduos numa lógica de prevenção da sua produção e encaminhamento para processos de valorização.

Os resíduos gerados nas atividades da EDP são recolhidos e armazenados de forma diferenciada e encaminhados para operadores de gestão de resíduos licenciados, com os quais se contrata como destino final preferencial os processos de valorização. Saiba mais sobre a nossa gestão e resíduos e Economia Circular.
 

protegemos o ambiente

A economia circular como forma de gerir resíduos

Uma gestão eficiente de recursos naturais exige uma alteração do modelo económico em que vivemos.

Para nós, a economia circular constitui o caminho certo, e na EDP estamos a implementar esta visão em todas as nossas unidades de negócio. 

A nossa atuação é indissociável do respeito pelos Direitos Humanos dos nossos colaboradores, parceiros e outras partes interessadas. 

Assim, temos estabelecidos o Código de Ética e os Princípios de Desenvolvimento Sustentável que nos permitem estabelecer objetivos rigorosos, tendo em vista respeitar e fazer respeitar os direitos legais e contratuais, eliminar preconceitos, barreiras e a discriminação injustificada, prevenir e proteger contra eventuais abusos e promover adequada reparação em caso de infração. A EDP aderiu à Global Compact Initiative, em 2004, e reporta anualmente a sua prática e progresso nesta área.
 

Compromisso com a sociedade e os direitos humanos
Compromisso com a sociedade e direitos humanos

Para aplicarmos os Princípios Orientadores da ONU/Quadro Ruggie, desenvolvemos o Programa de Monitorização dos Direitos Humanos do Grupo EDP (PMDH), que permitirá sistematizar os procedimentos e melhorar a metodologia de avaliação e gestão de riscos respeitantes a eventuais infrações de Direitos Humanos, designadamente abrangendo as relações com os fornecedores, instalações, negócios internacionais em desenvolvimento, aquisições e fusões. 

O PMDH foi baseado nos seguintes documentos: EDP Direitos Humanos | Princípios Orientadores da ONU | Guia de monitorização de impactes | Formulário de avaliação global.

Como resultado todos os anos produzimos um relatório: Relatório dos Direitos Humanos e Laborais 2019 | PMDH 2018PMDH 2017 | PMDH 2016.

Além disso, procuramos ter um papel ativo nas comunidades. Para tal, elaboramos programas e iniciativas que promovam os Direitos Humanos e a Inclusão Social, envolvendo os nossos colaboradores nessas soluções. 
 

Investimento Social

Promovemos e apoiamos iniciativas sociais, culturais e ambientais com a finalidade de contribuir para o desenvolvimento sustentável das regiões onde temos centros produtores. 

Voluntariado

Criámos, em 2011, o Programa de Voluntariado EDP, que pretende estabelecer e fortalecer relações contínuas e duradouras com as comunidades, baseadas no diálogo e no benefício mútuo.

Através das Fundações do Grupo EDP e das várias unidades de negócio, são desenvolvidos programas próprios e colaborativos com terceiros que potenciam o voluntariado corporativo, mobilizando as competências das unidades de negócio e dos colaboradores, e promovem o envolvimento do Terceiro Sector e a colaboração multistakeholders.

Fundações

Fundação EDP 
Fundação EDP Espanha
Instituto EDP Brasil

Projetos educativos e para a comunidade

Promovemos diversos programas e projetos junto das comunidades onde operamos. Conheça esses projetos educativos. 

 

Medição do investimento na comunidade:

De modo a medirmos as nossas contribuições voluntárias para a comunidade recorremos à metodologia LBG (Measuring Community Investment).

Em 2019, o Grupo EDP investiu voluntariamente cerca de 26 milhões de euros na comunidade, tendo contribuído para os projetos de 2.490 entidades. Conheça as categorias em que temos investido na comunidade. 


 

é agora ou nunca

Contribuímos para os ODS

Na EDP estamos comprometidos com 9 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável - ODS. 

ods e edp

energia para todos

Promovemos o acesso à energia

Na EDP estamos empenhados em levar eletricidade a comunidades sem esse recurso. Para o efeito, criámos o Fundo A2E.

Cuidamos das nossas pessoas

As nossas pessoas são o principal catalisador para crescermos e conseguirmos atingir as nossas metas.

Por isso, em primeiro lugar, a importância que atribuímos à prevenção e à segurança ultrapassa o cumprimento dos imperativos legais. Com o empenho de todos os nossos colaboradores, pretendemos atingir o objetivo “Zero acidentes, nenhum dano pessoal”, aplicável a todas as empresas do grupo. 

Mas, a nossa atuação vai além desses objetivos: queremos que as nossas pessoas se sintam realizadas, valorizadas e apoiadas. Assim, procuramos promover atividades, medidas e ações importantes para o seu desenvolvimento profissional o pessoal. Entre várias medidas e programas, promovemos atividades de voluntariado, criamos condições de trabalho que lhes permita crescer e brilhar, apoiamo-las e às suas famílias e promovemos formações internas e externas, com o apoio da Universidade EDP
 

recursos humanos

Diversidade e inclusão

Acreditamos e investimos num ambiente de trabalho desafiante, flexível e equilibrado. Por isso, promovemos iniciativas e medidas com impacto para os colaboradores

covid-19

Plano de resposta da EDP ao Coronavirus

Para dar resposta ao Covid-19, a EDP tem vindo a desenvolver um conjunto de medidas preventivas e de contingência, com o objetivo de gerir o impacto da situação de pandemia nos colaboradores, prestadores de serviço e no negócio das empresas do Grupo.

Coronavirus

Valorizar e envolver os stakeholders

Ouvir, compreender e colaborar com os nossos stakeholders permite-nos antecipar desafios, minimizar os riscos do negócio e criar novas oportunidades de relacionamento.

Pretendemos, assim, com este envolvimento superar o simples cumprimento dos requisitos formais da legislação.
 

stakeholders

Relacionamento com Stakeholders

O envolvimento de Stakeholders no Grupo EDP é uma prioridade estratégica para a manutenção de um diálogo aberto e transparente entre a EDP com as suas partes interessadas.
 

transparência

Transparência nas relações institucionais

Valorizamos a transparência nas nossas relações institucionais e, por isso, desenvolvemos a nossa atividade com vista a sensibilizar os responsáveis pela criação de políticas e legislação para os legítimos interesses da nossa empresa e do setor.