Comercialização

a edp

Sector Energético

Com um portefólio global, a EDP tem um papel relevante no panorama do setor energético mundial. Conheça em detalhe cada uma das fases da Cadeia de Valor.

Chegada a energia ao ponto de abastecimento, esta é vendida pelo comercializador. Em toda a cadeia de valor de eletricidade e do gás, a comercialização é a atividade mais próxima do cliente, sendo responsável pela relação com os consumidores finais.

Na Península Ibérica, a comercialização de electricidade e gás natural é livre e os consumidores têm o direito de escolher o seu fornecedor. Embora o mercado de energia esteja totalmente liberalizado em ambos os países, existem ainda comercializadores de último recurso. Atualmente, em Portugal, este fornece os clientes que ainda não transitaram para os comercializadores livres e no futuro a finalidade será garantir o fornecimento de energia, nomeadamente a consumidores economicamente vulneráveis.

No Brasil, a comercialização de eletricidade divide-se pelo mercado regulado e livre. Os clientes com consumo a partir de 3 mil kWh são considerados livres, ficando os restantes abrangidos pelo mercado regulado.

A EDP está presente na actividade de comercialização de electricidade em Portugal, Espanha e Brasil possuindo actualmente uma carteira de 9,8 milhões de clientes nestas geografias. No sector do gás, esta presença é apenas ibérica, onde a EDP tem cerca de 1,5 milhões de clientes.

Para a EDP a gestão da relação com o cliente é crucial, pelo que tem dado forte relevância ao foco no Cliente e à melhoria da qualidade dos serviços prestados. A EDP tem vindo a construir uma posição de notoriedade no mercado de energia, com o objectivo de ser uma empresa envolvente e inovadora, em que os clientes se revêem.

Histórias relacionadas